Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio em algum lugar do planeta. Em outras palavras, em um ano, mais de 800.000 pessoas perderam suas vidas dessa forma. Os dados coletados pela agência em 2016 também apontam que o suicídio é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. As condições que causam isso podem estar relacionadas a transtornos mentais. A primeira é a depressão, seguida pelo transtorno bipolar e pelo abuso de drogas.

A campanha surgiu após, em setembro de 1994, nos Estados Unidos, o jovem de 17 anos Mike Emme cometeu suicídio. Ele tinha um Mustang 68 amarelo e, no dia do seu velório, seus pais e amigos decidiram distribuir cartões amarrados em fitas amarelas com frases de apoio para pessoas que pudessem estar enfrentando problemas emocionais.

A ideia acabou desencadeando um movimento de prevenção ao suicídio e até hoje o símbolo da campanha é uma fita amarela. Inspirado no caso Emme, o “Setembro Amarelo” foi adotado em 2015 no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

O suicídio pode ter várias causas, mas de acordo com o CVV, a causa mais comum está relacionada a distúrbios psicológicos. No contexto do isolamento social exigido pelo novo coronavírus, a saúde mental é um tema que merece mais atenção. Se você conhece alguém que pode precisar de ajuda, é importante saber ouvir sem julgamento e ter empatia com os sentimentos dos outros. Mesmo se você achar que esses problemas não são importantes para você, minimizá-los não é uma boa escolha. É preciso respeitar a forma como as pessoas veem a situação. Ao mesmo tempo, por melhor que seja a intenção, incentivar as pessoas a buscar ajuda profissional é essencial.

O Centro de Valorização da Vida (CVV) é uma associação sem fins lucrativos que oferece apoio emocional e busca prevenir casos de suicídio. Caso precise de ajuda ou conheça alguém que precise, ligue para o 188 ou acesse o site do CVV. Tanto o chat da página quanto o telefone ficam disponíveis para contato 24 horas por dia em todos os dias da semana. O serviço é sigiloso e gratuito.